3 obrigações do Controle Interno no Portal da Transparência

O controle interno e o portal da transparência

Controle Interno é uma estrutura complexa, que através de planejamento e execução de atividades, tem como missão controlar e assegurar a legalidade e a transparência dos atos da gestão, garantindo assim que os objetivos e metas estabelecidos nos atos de planejamento sejam atingidos.

3 obrigações do Controle Interno no Portal da Transparência

Abaixo, vou explicar as 3 principais obrigações do controlador interno para assegurar a legalidade e transparência dos atos da gestão:

Divulgação do parecer/relatório QUADRIMESTRAL

O mesmo parecer/relatório quadrimestral que é enviado ao Tribunal de Contas, também deve ser publicado no portal da transparência da entidade pública, em página específica e de fácil localização.

Clique aqui para ver um exemplo na prática.

Divulgação do parecer/relatório ANUAL

O mesmo parecer/relatório anual que é enviado ao Tribunal de Contas, também deve ser publicado no portal da transparência da entidade pública, em página específica e de fácil localização.

Clique aqui para ver um exemplo na prática.

Fiscalizar e acompanhar as publicações no site/portal da transparência

Para assegurar a legalidade e transparência dos atos da gestão, cabe ao controlador interno a missão de fiscalizar e acompanhar se as publicações no site/portal da transparência estão sendo realizadas corretamente e dentro dos prazos legais estabelecidos.

Então você tem 2 opções:

A primeira opção é fiscalizar e acompanhar o site/portal da transparência da sua entidade por conta própria. Para isso, disponibilizamos gratuitamente o eBook Manual completo para manter o Portal da Transparência 100% Atualizado.

Porém, sabemos que é uma missão muito difícil fiscalizar e acompanhar todo o site/portal da transparência sozinho, devido as várias outras atividades realizadas pelo controlador interno em sua rotina diária de trabalho.

Além disso, também é necessário ter um conhecimento técnico aprofundado sobre todas informações legais que precisam ser publicadas, como informações contábeis, licitações, folhas de pagamento, convênios, patrimônio, obras, etc.

A segunda opção, é terceirizar essa missão com uma empresa especializada.

Justamente pensando nisso, aqui na CR2, nós desenvolvemos uma solução completa, para dar todo apoio ao controle interno na missão de garantir uma Gestão 100% Transparente. Veja abaixo como funciona.

Como resolver o seu problema com transparência pública

Hoje, o principal motivo de multas e processos de improbidade, não está relacionado a corrupção e sim a falta de conhecimento técnico.

Para cumprir as exigências das leis de transparência, é necessário principalmente que a Prefeitura, Câmara e RPPS tenham um site publicado na internet. Mas não adianta ter um site qualquer, é necessário que o site seja desenvolvido de acordo com os itens exigidos pelas leis.

Além disso, é necessário realizar publicações constantes com as informações exigidas pelas leis, como: Receitas, despesas, licitações, folhas de pagamento, convênios, ações, programas, patrimônio, projetos, obras, leis, decretos, etc… São quase 200 itens exigidos pela legislação atual!

Aqui na CR2 nós cuidamos de tudo para manter a sua Gestão 100% Transparente!

Elaboramos uma solução personalizada de acordo com a sua necessidade atual.

Atuando desde 2011, hoje atendemos a 210 clientes simultaneamente e temos uma equipe de 18 especialistas em transparência pública, prontos para fazer a sua gestão ser reconhecida como 100% transparente.

Quer conhecer melhor a nossa metodologia? Solicite agora a sua proposta sem compromisso!

Um dos nossos consultores especialistas vai entrar em contato para entender a sua necessidade atual e apresentar uma solução personalizada para a sua entidade pública.

Gostou? Compartilhe esse conteúdo!